E em ti, fiz sol

Nestes últimos dias o tempo na cidade não condiz com tudo que se passa aqui dentro. Lá fora os dias são cinzentos e chuvosos, enquanto aqui dentro o sol reina aquecendo minhas entranhas. Mas nem sempre foi assim, na verdade nos últimos meses era ao contrario, enquanto observava o sol lá fora pela minha janela, aqui dentro as tempestades eram cada vez maiores e nesses tempos tão negros a vida não tinha graça, e as horas pareciam anos enquanto eu as observava passar sentado no sofá da sala encarando o velho relógio de parede.

Enquanto me encontrava a deriva nesse vendaval o sol veio se apresentando aos pouquinhos, no começo meio tímido, com poucos raios de luz, e aos poucos veio preenchendo todo o céu. E me dou o direito de dizer que esse sol quando se mostrou por inteiro, com bochechas fofinhas e um sorriso tão encantador, me fez tirar da gaveta aquele par de óculos escuros empoeirados e abrir as janelas já emperradas da alma.

Agora, eu que achava que era feito para o inverno, me vejo um ser totalmente apaixonado pelo sol e pelo calor que ele tem me proporcionado, e observando a chuva caindo lá fora tenho mais a certeza de que dessa vez esqueci, de forma proposital, o protetor solar. Então que deixe queimar pois sei que a noite, tenho ela para me cuidar.

Então sol, se posso te pedir  algo, é que não vá embora pois já vi a escuridão e hoje não sei mais como seria viver sem você.

 

garota-tumblr-menina-guria-girl-sol-golden-hour-fotografia-photography

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s