E ela chegou, o jogo virou.

2017; a pior partida dessa longa temporada que chamo de vida até então. Sai perdendo ao longo mas corri atrás pra empatar o jogo. Nesse meio tempo então várias coisas aconteceram, tal como a lesão do camisa 10 do meu time, diga-se de passagem que ele foi o maior camisa 10 que esse time poderia […]

Leia Mais "E ela chegou, o jogo virou."

Monotonia

Talvez precise de mais um cigarro para me manter interessado neste cotidiano desinteressante, andar perdido entre canecas de café e garrafas de whisky e cerveja e quando me der por mim tropeçar nas esquinas vazias e cinzentas da cidade. Não que o cinza me incomode, inclusive o encaro como mais bonito aos olhos que aquela […]

Leia Mais "Monotonia"

Eu não queria ficar…

No começo, eu não queria ficar, não queria me prender. E diferente do que acontece hoje em dia, eu não te escondi isso, ao contrário, na verdade eu te deixei bem claro que sempre pertenci ao mundo, e que corda alguma era capaz de me segurar em apenas um lugar, apenas a uma pessoa, e […]

Leia Mais "Eu não queria ficar…"

E em ti, fiz sol

Nestes últimos dias o tempo na cidade não condiz com tudo que se passa aqui dentro. Lá fora os dias são cinzentos e chuvosos, enquanto aqui dentro o sol reina aquecendo minhas entranhas. Mas nem sempre foi assim, na verdade nos últimos meses era ao contrario, enquanto observava o sol lá fora pela minha janela, […]

Leia Mais "E em ti, fiz sol"

Saudade “d’ocê”.

Eu sempre fui da estrada, do mundão. Ela sempre mais caseira, vivendo “na dela”. Ela preferia um café com pão de queijo de tarde. Eu amava aquela cerveja com os amigos depois do expediente. Eu era do rock ‘n roll. E ela do sertanejo. Mas ai eu fico me perguntando na escuridão das noites em […]

Leia Mais "Saudade “d’ocê”."